0 Médico do esporte explica como preparar o corpo para competições e evitar lesões




​Com a proximidade dos Jogos Olímpicos, muitas pessoas se deixam levar pelo espírito esportivo e passam a se aventurar em novas modalidades. De acordo com o ortopedista e médico do esporte do Hospital Santa Paula, Fabiano Cunha, o evento estimula um aumento no número de pessoas interessadas em ingressar em práticas esportivas regulares.
Para os iniciantes, é preciso seguir alguns passos:
1 – Escolha uma modalidade compatível com sua condição física atual
2 – Faça um check-up com um médico do esporte
3 – Busque um treinador qualificado
4 – Tenha uma alimentação saudável
5 – Coloque um objetivo nos seus treinos, uma meta; fica mais prazeroso treinar pensando em uma viagem, ou algum evento festivo
6 – Aumente o seu limite aos poucos, só assim você irá evoluir, além de evitar lesões e cansaço

​De acordo com o especialista, ao iniciar um programa de exercícios o corpo interpreta seu comportamento e ajusta o metabolismo de acordo com a regularidade dos treinos. ​"Para ​os iniciantes, é muito mais efetivo realizar uma caminhada de ​40 minutos, 3 vezes por semana​, do que caminhar 2 horas no domingo e passar mais 6 dias sem fazer nada. O corpo gosta de regularidade e se acostuma com isso, seja ​com exercícios regulares ou ​com o ​ócio regular​", explica​.
O médico afirma que muitos ​pacientes ​o procuram ​com a mesma queixa de que fizeram exercícios e depois de um mês não tinham emagrecido nada e ficaram cheios de dores. "É preciso entender o corpo​. Você passa um ano sem se movimentar e de repente volta a caminhar. O cérebro fica confuso, não sabe que você quer emagrecer, só sabe que você não faz exercício. Neste primeiro momento, ​ele ​manda mensagens para o corpo entrar em estado de alerta. Daí que vêm as palpitações, formigamentos  e as quedas de pressão que muitas pessoas reclamam no primeiro mês de um programa físico​"​, diz.​
Para Cunha, o importante é traçar uma meta​. "Estamos em ​junho e você quer eliminar uns quilinhos para fazer uma viagem em ​dezembro​. Dá tempo de emagrecer gradualmente, ​com foco na viagem, sem estressar o corpo e progredindo com calma ​", ressalta​.

Prevenção de lesões
Pela cultura do brasileiro, procuramos apenas um tratamento quando o diagnóstico ou uma lesão já ocorreu. Pouco se trabalha a prevenção de possíveis lesões, especialmente na prática de atividade esportiva.
Segundo dados da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), grande parte das lesões não estão associadas a colisões ou quedas, e sim à rotação e explosão muscular. Apenas 24,1% dos atletas se lesionam em choques, contra 39,2% com lesões musculares e 17,9% que sofrem torções. O estudo também aponta que 72,2% dos traumatismos ocorrem nos membros inferiores – como joelho (11,8%), tornozelo (17,6) e coxas (34,5%).
  "A maior incidência de lesões acontece por falta de aquecimento ou exagero na realização das atividades, seja por muita intensidade, muita carga ou longa duração", alerta Cunha.
O médico do esporte é o profissional que pode sugerir exercícios funcionais para a prevenção de lesões que vão oferecer um ganho na prática esportiva, pois simulam os movimentos do esporte específico e visam a estabilidade, o equilíbrio e a ativação muscular, prevenindo e aumentando o desempenho e o gesto esportivo. Os exercícios são divididos em níveis e o esportista evolui de acordo com sua capacidade de executar os movimentos com maior precisão e menos gasto energético.
"Em qualquer exercício físico podem ocorrer lesões, mas isso não deve te desanimar. Tratadas adequadamente, você pode fazer sua viagem em dezembro em ótimas condições", conclui Cunha.
  
Sobre o Hospital Santa Paula
O Hospital Santa Paula, centro de excelência em saúde da zona sul de São Paulo, foi inaugurado em 1958. O HSP ocupa uma área de 15 mil m², possui 200 leitos, 09 salas de cirurgia e 50 leitos dedicados à terapia intensiva: 32 na UTI Geral, 9 na UTI Cardiológica e 9 na UTI Neurológica. O Centro Cirúrgico HSP possui 09 salas de cirurgia e 10 leitos para recuperação anestésica. Anualmente, o HSP realiza 7.500 procedimentos cirúrgicos, 12 mil internações e atende no Pronto Atendimento cerca de 100 mil pacientes. O hospital emprega mais de 1.200 colaboradores e possui um corpo clínico aberto com 1.500 médicos. O HSP é acreditado ONA - Organização Nacional de Acreditação, nível 3, desde 2008; em 2012, conquistou a certificação Joint Commission International (JCI) e em 2014 conquistou certificação Joint Commission International para tratamento de AVC. 

0 comentários:

Postar um comentário

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;