0 Projeto Jeito de Mulher chega a Palmas com três cursos




"Lugar de mulher é onde ela quiser". Essa frase resume o sentimento das 60 mulheres que foram a unidade central do Sistema Nacional de Emprego (Sine) do Tocantins, em Palmas, para participar da aula inaugural de três cursos do Projeto Jeito de Mulher,  nesta segunda-feira, 2. Na capital, o Projeto oferta os cursos de  Derivados do Leite, Eletricista de Instalações Comercias e Residenciais e Instalador de Alarme Residencial.

Matriculada na qualificação Derivados do Leite, Elisabeth Ferreira, 32, está desempregada, mas diz acreditar que o mais importante é o fato de estar disposta a buscar conhecimento. "Tudo que vou aprender aqui vai ser novo, nunca fiz nada nesta aérea, mas vou fazer o que for preciso para aprender e ter mais oportunidades de emprego", analisou.

É essa disposição também que foi destacada pela secretária do Trabalho e Assistência Social (Setas), Patricia Amaral. " Sempre tem alguém para dizer que é de mais, que já fomos mais longe do que se imagina, mas só quem sabe da nossa capacidade somos nós, mulheres, que além de trabalhar, não deixamos faltar nada a nossa família", afirmou.

Uana Kele Alves, 22, também não se intimida. Cursando Segurança no Trabalho, divide a sala com cerca de outros 20 homens e apenas quatro mulheres, agora no Jeito de Mulher vai aprender como ser eletricista. "Sei que esta área tem um grande potencial e não ligo se tem mais homens trabalhando. Se eu tenho vontade, eu vou conseguir", comentou.

O subsecretário da Setas, Alfredo Branchina, falou sobre o diferencial do trabalho feminino. "Sabemos que há um grande mercado a espera de vocês nestes seguimentos porque o trabalho realizado por mulheres é diferenciando, é delicado, cuidadoso", analisou.

Mãe de duas filhas, Ademária Cardoso, 35, optou pelo curso de instalação de alarmes e disse não ter dúvidas que mulher é capaz de tudo. "Nós fazemos tudo que é preciso, não temos medo. Se o marido não está em casa a gente vai e arruma um fio aqui, outra coisa ali. Não tem nada que não possamos fazer", ponderou.

Jeito de Mulher

O projeto tem como objetivo qualificar gratuitamente 465 mulheres tocantinenses para atuar em áreas ocupada predominante por homens. Além das aulas, as alunas recebem kit com material didático, vale transporte, lanche e equipamentos de proteção individual necessários para as aulas práticas.

Em Palmas, os cursos serão ministrados pelo Instituto Geralda Aldira, na seda da UNOPAR, na 104 sul, de segunda a sexta, de 13h as 18h.

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;