0 C&A faz desfile a céu aberto no Rio de Janeiro





A C&A realizará no dia 29 de Setembro a segunda edição do maior desfile a céu aberto do país: o "Poderosas do Brasil", no Jockey Club do Rio de Janeiro. Apresentando o projeto, que busca inspiração nas mulheres brasileiras, e a coleção homônima, a C&A buscou retratar a essência e a identidade regional de cada região do país. A label escolheu quatro lindas mulheres para contarem sobre suas vidas, sobre a relação com moda e beleza, e o clima de onde moram.

A top model Isabel Goulart é a curadora da campanha e as escolhidas para ilustrar o poder da mulher brasileira são: Bruna Foureaux, 28 anos (Belo Horizonte, MG), Uana Mahin, 19 anos (Recife, PE), Kizi Vaz, 29 anos (Rio de Janeiro, RJ), e Rocicleide Souza, 24 anos (Manaus, AM). Elas irão apresentar os looks da coleção no maior desfile a céu aberto do país.

O evento contará com um palco que será montado paralelo as arquibancadas do Jockey Club. Entre e durante os desfiles, as atrações musicais farão a trilha sonora. A abertura do evento será feita pelo DJ Tutu Moraes, e a mestre de cerimônia será a apresentadora Regina Casé. Regina irá contar as histórias das "Poderosas"e dará ao evento o jeito todo especial brasileiro.

Dentre as atrações estão confirmados os shows de Naldo, Preta Gil, Thiago Abravanel, Mariene de Castro Rapadura, Gang do Eletro, Afrolata, Rapdura, Ar 21 e Bateria da Grande Rio marcando presença no evento. O grupo AfroReggae fará livepaint enquanto estiver acontecendo as gravações da campanha.

A duração do evento será de aproximadamente 1h30 com diversas atrações além dos desfiles apresentando as "Poderosas" escolhidas. Os desfiles têm início às 19h30. O evento será aberto ao público as 16h30. Com a estimativa de 8 mil pessoas para o evento, a C&A se preocupou com a segurança de todos e instalou unidades móveis e postos médicos para eventuais emergências.

Além das protagonistas, o elenco de trabalho também foi escolhido com critério pela marca. A direção artística foi feita por Gringo Cardia, o Styling é de Felipe Veloso, a trilha sonora de todo o evento foi elaborada pelo DJ Tutu Moraes, o projeto de iluminação é de Maneco Quindere e a frente da coordenação e produção está a MktMix Comunicação.

Sobre o projeto

Estampas, modelos, corpos, beleza, hábitos, comportamentos e sonhos. Cada região do Brasil se veste de uma forma, tem cultura e interesses distintos. Após o sucesso da primeira edição realizada em 2012, que contou com a curadoria da übermodel Gisele Bündchen, a C&A foi novamente às ruas do Brasil para descobrir as novas "Poderosas do Brasil". De forma singular, a label fez uma vasta pesquisa por elementos regionais, informações sobre comportamento, cultura, arte, hábitos e moda para construir uma coleção com a cara do Brasil. Com criação da DM9DDB, o resultado é um projeto que traz um rico conteúdo em quarto episódios que apresentam as vivências e emoções obtidas em cada região.

Equipes da C&A viajaram exclusivamente para pesquisas de campo em quatro regiões do Brasil à procura de informações locais e mulheres que retratassem a sua cidade de forma autêntica e real. O foco desse trabalho foi à busca por inspirações vindas dos guarda-roupas das mulheres, informações fundamentais para o desenvolvimento de uma coleção comprovadamente democrática, capaz de refletir a maneira como as brasileiras de verdade se relacionam com a moda nas diferentes regiões do país.

Para representar cada região a C&A selecionou quatro jovens que receberam em casa a visita da equipe do projeto para uma entrevista. A maior surpresa ao atenderem a porta foi a "pesquisadora": a übermodel Izabel Goulart, curadora e protagonista da segunda edição do "Poderosas do Brasil".

A coleção foi inspirada nas vivências obtidas por Izabel nas capitais do Brasil por onde passou, chegará as lojas da rede em outubro. As peças entre confecção, calçados e acessórios trazem muitas cores em tons vibrantes e estampas bem brasileiras.

Novidades em 2013

A grande novidade deste ano é que o público é o responsável por eleger os looks que irão para o desfile por meio do aplicativo na página oficial da C&A no Facebook. Os mais votados serão os looks das "Poderosas" no dia do evento.

Além disso, cinco blogueiras de diversas partes do país já criaram seus looks com peças da coleção: Luísa Ferreira, do Chata de Galocha! (Belo Horizonte, MG), Beta Pinheiro, do Fashionite (Rio de Janeiro, RJ), Carol Heinrichs, do Toque de Neon (Manaus, AM),Luisa Corsi, do Sonhos de Crepom (Londrina-PR), e Dani Vasconcelos, do Ricota não Derrete (Recife, PE).

Sobre as Poderosas

Rocileide da Silva Souza - Manaus - 24 anos
Essa manauana adora fotografar e declara, bem abusada: "Sou muito exibicionista". De domingo a domingo trabalha em um shopping, mas sempre sobra tempo para algo que ela adora: a dança. E se forró e pagode estão na lista de preferências, foi participando de cursos de balé e danças folclóricas que ela descobriu sua paixão. Aliás, graças a isto Roci viveu algo único: passou seis meses na Correia do Sul acompanhando uma companhia de danças.

Kizi Cristina Vaz da Silva - Rio de Janeiro - 29 anos
Ela adora uma vitrine, e seu estilo abusado é feito garimpando peças aqui e ali. Atriz, Kizi revela que nunca deixou de sonhar em fazer TV e conquistar a fama. Viver com luxo não é projeto de vida, o básico sim: um dia não precisar contar dinheiro pra pagar as contas, ter carro e casa próprios, viajar no fim de semana com a mãe e o filho de 5 anos. Projetos que esta carioca determinada e exigente, que já passou por muitas dificuldades quando criança, não vê a hora de concretizar.

Uana Mahin Passos Braga - Recife - 19 anos
Recifense, tem espírito de artista. E é: canta e toca percussão no Sagarana, um grupo musical formado com amigos. Uana diz que pretende trabalhar com arte o resto da vida e adoraria ver seu trabalho transformando as pessoas. Sobre sua relação com a moda, gosta de abusar do seu jeito. Confessa: "acham que sou alternativa, mas sou experimental, pois uso muita coisa diferente, visual rock, flores, brilho".

Bruna Foreaux Parreiras - Belo Horizonte - 28 anos
A família passava por uma crise financeira e a adolescente desejava abafar com os hits que faziam sucesso nas revistas. A solução: Bruna e a avó reformavam roupas velhas das tias, fazendo sucesso entre as amigas. Foi assim que a mineirinha percebeu o quanto era gostoso o universo da moda, área em que trabalha atualmente. Também foi assim que ela aprendeu que roupas contam histórias e por isso, devem circular, ser passadas adiante. Um jeito abusado de perceber a moda.

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;