0 Temporada de praia: Dermatologista dá dicas de como acertar o filtro solar




Chegou a temporada das praias tocantinenses e para se proteger adequadamente dos raios solares, além de observar os melhores horários para se expor ao Sol, o filtro solar é artigo indispensável nas bolsas de praia. Com o objetivo de facilitar a escolha do produto, a dermatologista Dra Camila Novak de Freitas dá dicas de como acertar o protetor para diferentes tipos de pele.

Segundo a especialista, uma pele considerada normal, ou seja, com um nível de oleosidade controlada, o sérum, loção ou spray são ótimas formas de protetor solar. Já no caso de uma pele oleosa, protetores a base de gel, sem gordura ou álcool são os mais indicados. “ Uma pele seca exige cuidados extras, devido à maior tendência para o envelhecimento. Neste caso, o protetor ideal é o na versão creme ou loção que contenham em sua composição água e óleos, para que hidratem a pele” diz Dra Camila Novak.

A dermatologista conta ainda que não dá para usar o mesmo protetor no rosto e no corpo, pois são tipos de pele diferentes. “A pele do corpo geralmente é mais seca que a do rosto, no entanto, o novo consenso de fotoproteção diz que independente da área do corpo o fator deve ser acima de 30” explica. 

É importante verificar no rótulo se o produto  protege contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e contra os raios UVB (indicado pelo FPS). Aplique o produto 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele o absorva. Reaplique-o a cada duas horas, mas fique atento, esse tempo diminui se houver transpiração excessiva ou se você entrar na água. Aplique o protetor uniformemente em todas as partes de corpo, isso inclui mãos, orelhas, nuca, pés.

“As pessoas de pele negra, possuem uma maior quantidade de pigmento cutâneo, a melanina, por isso apresentam menores chances de desenvolver queimaduras. Porém elas não devem deixar de utilizar o filtro solar, pois a proteção para o câncer de pele e manchas de sol independem da etnia”, completa Dra Camila Novak de Freitas.

Crianças

Em crianças, inicia-se o uso do filtro solar a partir dos seis meses de idade, utilizando um protetor adequado para a pele sensível da criança, de preferência os filtros físicos. Você pode pedir orientação a um pediatra ou a um dermatologista sobre qual o melhor tipo para cada caso. É preciso que as crianças e jovens criem o hábito de usar o protetor solar diariamente, pois 75% da radiação acumulada durante toda a vida ocorre na faixa entre 0 e 20 anos.

Qual FPS ideal em um dia de praia?

Quando visamos proteção para manchas e envelhecimento, o fator de proteção deve ser acima de 45 e se possível, o filtro solar deve estar associado a uma base com cor. Nesses casos, devemos nos certificar que o produto tenha proteção para UVA. A proteção mínima para o corpo e face nos dias de praia, segundo o Consenso Brasileiro de Fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia, é o FPS 30.

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;