0 Alimentação sadia ajuda a divertir no Carnaval




O carnaval é época de festa, muita folia e período em que muita gente aproveita para se extrapolar, esquecendo-se de alguns cuidados básicos com a saúde ou até mesmo com a alimentação. Como a regra geral é se divertir todo o tempo, algumas regras são deixadas de lado, pois o que vale é dormir pouco, perder menos tempo possível para aproveitar a folia. Mas é precisoque os foliões tomem alguns cuidados, principalmente, tratando-se de algumas questões de saúde, afinal, sem ela não há quem possa pular os dias de carnaval. A nutricionista Patrícia Cruz diz que comer bem permite as pessoas ter energia suficiente, mas é preciso aliar a boa alimentação a boas horas de sono e a beber com moderação.
Para aproveitar as comemorações sem arrependimentos, a nutricionista separou algumas dicas importantes. Primeiramente, Patrícia fala sobre a importância de saber beber para poder curtir os dias do carnaval sem causar problemas no dia seguinte. “É essencial beber com moderação. Entre um copo e outro, procurar tomar muita água.” – recomenda a nutricionista.Patrícia não aconselha fazer uso de medicamentos para evitar a ressaca. Para ela, o melhor remédio mesmo é saber beber com moderação, evitando o excesso de bebida alcoólica. Segundo a nutricionista, a recomendação aceitável indicada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 30g de álcool por dia, equivalente a 3 copos de chope ou 1 dose de whisky por dia.
Outra dica importante também é evitar alimentos ricos em gorduras. “Como muita gente costuma passar os dias de festas longe de casa, viajando ou até mesmo na rua seguindo os blocos de carnaval e trio elétrico é preciso redobrar a atenção com o que está sendo ingerido. Gordura em excesso está relacionada à azia, má digestão, diarreia, até mesmo cefaléia no dia seguinte.”
Patrícia também orienta prestar atenção nos sinais do próprio organismo. Como nesses dias de festas muita gente passa na folia, as refeições acabam sendo feitas na rua. “É importante reconhecer quando se sente fome. Não devemos fazer uma lista de alimentos permitidos e proibidos em nenhuma época do ano. O que deve ser feito são modificações em nossas atitudes alimentares. Tais como: tenho fome para continuar comendo este alimento? Ou Se comer este alimento nesse momento ele fará parte de que refeição ou será somente um belisco? O certo não é comer para ficar estufado e sim para ficar satisfeito” -  ensina Patrícia.

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;