0 Caio Fernando Abreu ganha homenagem da Poeme-se





Conhecido por abordar temas universais vistos como tabus, entre os quais sexo, solidão e morte, sempre de forma direta e sem rodeios, Caio Fernando Abreu é homenageado pela Poeme-se, primeira grife literária do Brasil, em uma peça com estampa assinada pelo designer Sandalo Barbosa.

- Quase tudo que faço tem algo de/sobre mim. Não é difícil se identificar com diversas situações e anseios da obra do Caio. Na estampa, me inspirei nesse ritmo frenético, urbano, de transeuntes anônimos, indo e vindo sem ser notado. Sem olhar nos rostos alheios nem notar ninguém, mesmo estando em uma multidão – diz Barbosa.

Com a imagem do escritor destacada em cores em meio a uma multidão em tom homogêneo, a estampa apresenta o fragmento “Quero ser diferente. Eu sou. E se não for, me farei”. Trata-se do trecho de “Limite Branco”, primeiro romance da carreira do autor, lançado no início da década de 1970, que tem, entre suas obras mais famosas, “Morangos Mofados” e “Onde Andará Dulce Veiga?”.

- Caio é, na minha visão, um poeta dos temas universais. Caio Fernando Abreu arrebatou muitos corações falando das coisas da alma, falando de sentimento – completa Gledson Vinícius, cofundador da Poeme-se.

A peça, nas versões t-shirt, baby look e bata, estão à venda para todo o Brasil no www.poemese.com

0 comentários:

Postar um comentário

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;