0 Artesanato Tocantinense receberá prêmio nacional

Crédito das fotos: Layala Lino



 As produções artesanais feitas a partir de elementos tipicamente tocantinenses, como o babaçu e o capim dourado, alcançam cada vez mais reconhecimento. A Associação dos Artesãos do Capim Dourado Pontealtense de Ponte Alta e a Associação do Babaçu da Amazônia, do município de Tocantinópolis, foram as unidades produtivas do Tocantins que venceram o Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato. O evento de premiação será no dia 4 de setembro, na Marina da Glória, Rio de Janeiro.

Produzindo peças a partir do capim dourado desde 1999, a Associação dos Artesãos do Capim Dourado Pontealtense, da cidade de Ponte Alta do Tocantins, tem diversos casos de êxito na produção e comercialização de artesanato. A empresa “Capim Dourado do Tocantins”, do artesão Valtair Daniel Ribeiro, é uma das vencedoras do prêmio.

“A expectativa é muito grande. Mais do que receber o prêmio, teremos a oportunidade de ir até o Rio de Janeiro e apresentar o nosso produto aos compradores do eixo Rio - São Paulo, que é sem dúvida um mercado muito bom e promissor”, destaca o empresário que levará mais de 20 peças para o Encontro de Negócio que acontece durante a premiação.

Segundo a analista do Sebrae/TO e gestora do projeto que atende os artesãos de Ponte Alta, Celina Soares, a trajetória da associação tem muito a mostrar em qualidade e organização. “São 150 artesãos que se organizaram e agora colhem os frutos. Estou muito feliz, porque eles já estão entre os 100 melhores grupos de artesãos do Brasil”, comemora Soares.

Também em comemoração está Doemy Araújo, artesã da cidade de Tocantinópolis, que junto com outros artistas da Associação Babaçu da Amazônia, também representarão o Tocantins no evento nacional. A artesã, que produz brincos, pulseiras e colares, a partir do carvão ativado de babaçu, destaca a importância do apoio do Sebrae/TO na organização dos associados. “O Sebrae dá todo o suporte e abre as portas para nós, pois nos orienta como fazer a gestão do nosso negócio”.

Para o analista do Sebrae/TO que acompanha o trabalho da Associação, Aldenir Batista, a premiação é “o reconhecimento do trabalho de ambos, da Associação e do Sebrae/TO, o que mostra a força da parceria entre os artesãos e o apoio técnico”.

“Essa premiação é uma consolidação do trabalho que vem sendo realizado pelo Sebrae, parceiros e artesãos, por meio da soma do conhecimento e muito talento. Tenho a certeza que o prêmio abrirá portas no mercado interno e externo, trazendo renda para os nossos artesãos”, declara a diretora técnica do Sebrae/TO, Mila Jaber.

Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato

Promovido pelo Sebrae/NA, tem como objetivo destacar as 100 unidades produtivas mais competitivas do país, reconhecendo e incentivando o trabalho dos artesãos brasileiros.

Na primeira edição do Prêmio, realizada em 2006, participaram mais de 500 unidades produtivas ligadas ao artesanato. Na segunda edição, este número saltou para 1.025 unidades dos 27 estados da federação. Em sua 3ª Edição, o Prêmio contou com a inscrição de 1.826 artesãos formalizados de todo o país.

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;