0 ProJovem Trabalhador oferece qualificação na área da beleza




A vaidade da brasileira é conhecida internacionalmente. Prova disso são os dados divulgados por estudos de mercado.  De acordo com a Associação Brasileira de Indústrias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) o Brasil é o terceiro maior mercado de cosméticos do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão. Por ano o segmento que  movimenta cerca de R$ 24,9 bilhões também tem apresentado bons resultados quando o assunto é geração de emprego e renda.  As oportunidades de trabalho criadas pelos salões de beleza, por exemplo, aumentaram 278,9% em 15 anos.  No mesmo período, a economia cresceu  59%
Só em 2010, ano em que o levantamento foi realizado, foram abertas 4.282 vagas no segmento em todo país, em 2010. Em 2004, eram 1.130. O Número que representa uma expansão média anual de 9,3% em relação ao ano anterior.  Em 15 anos a expansão média foi de 10,5%. O crescimento do PIB no mesmo período foi de 3,1%.
 A expectativa é de que o mercado continue crescendo. Com a abertura de tantas vagas e com a movimentação de tanto dinheiro, o mercado se profissionalizou e exige qualificação dos profissionais.  Participação em oficinas, cursos de qualificação e aperfeiçoamento passaram a ser fundamentais para o currículo dos profissionais e da empresa que o emprega.
“Ninguém mais confia em uma cabeleireira que não tenha qualificação ou que não esteja por dentro das tendências de cores e cortes”, destaca a empresária do segmento Marcia Soares. Ainda de acordo com Márcia, o perfil dos clientes exigem que o profissional da beleza seja antenado. “Eles querem novidades e qualidade”, destaca.
De acordo com dados divulgados pela Beauty Fair, uma das principais empresas do segmento no Brasil, quase 65% do mercado desse setor é formado por cabeleireiros, 14,1% por esteticistas e fisioterapeutas e 7,85% por manicures. Podólogos, maquiadores, massoterapeutas, depiladores, dermatologistas e clínicas e profissionais que atuam em spas representam menos de 2% cada um desse mercado.
E os dados divulgados podem facilmente ser comprovados em campo. “É muito difícil encontrar manicure. Estamos sem há quase quinze dias e não tem profissional disponível”, destaca Gercina Lopes, proprietária de um salão de beleza em Palmas.
Como Gercina vários outros salões passam pelo mesmo problema: a falta de mão de obra qualificada para exercer o trabalho.  De acordo com a proprietária do salão, há alguns a dificuldade para manter uma manicure era por conta da baixa remuneração. Hoje o perfil mudou.
“Uma manicure fatura, em média, cerca 50% do valor do seu trabalho”, disse a empresária ao explicar que, em média, uma manicure faz de cinco a oito “unhas” por dia. “O faturamento diário gira em torno de R$ 62,50, se ela trabalhar pouco”, justificou.
ProJovem Trabalhador
Um dos cursos oferecidos pelo Governo do Tocantins, por meio do ProJovem Trabalhador, é o de Beleza e Estética.  Durante as 100 horas que o aluno vai receber de qualificação serão repassadas instruções de manicura, pedicura, cabelo e maquiagem.
De acordo com a coordenação do ProJovem no Tocantins, o objetivo do curso é de capacitar profissionais para o mercado e permitir a conquista imediata do primeiro emprego, na área escolhida para atuar.
Além de beleza e estética, o programa oferece mais treze cursos de qualificação, que serão desenvolvidos em  vinte municípios do Tocantins. São eles: Araguaína, Araguatins, Aguiarnópolis, Arapoema, Arraias, Augustinópolis, Babaçulândia, Buriti do Tocantins, Colinas do Tocantins, Esperantina, Filadélfia, Gurupi, Paraíso do Tocantins, Pau D’arco, Peixe, Palmas, Pedro Afonso, Piraquê, Porto Nacional e Tocantinópolis.
Podem participar do Projovem Trabalhador jovens, com idade entre 18 e 29 anos, cuja renda familiar não ultrapasse um salário mínimo e que estejam cursando ou tenham terminado os ensinos fundamental e médio. Além de oferecer aulas de capacitação profissional e a oportunidade do primeiro emprego, o programa oferece uma bolsa auxílio mensal no valor de R$ 100,00.
Para participar, o jovem deve acessar o site  www.sejuves.to.gov.br e efetuar a inscrição, que é totalmente digital.  As inscrições podem ser efetuadas até o dia 30 de agosto.(Fernanda Cappellesso- Sejuves)

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;