1 Podemos estar usando roupas feitas com lixo hospitalar importado, veja

Fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) realizaram, na manhã deste sábado (15), uma vistoria em uma fábrica têxtil de Toritama, no Agreste de Pernambuco, onde encontraram tecidos com manchas que suspeitam ser de sangue.

A unidade é uma filial da empresa de Santa Cruz do Capibaribe, também no Agreste, suspeita de importar irregularmente tecidos que eram usados em hospitais dos Estados Unidos.
O material encontrado foi em menor quantidade do que o apreendido na vistoria de sexta-feira (14), na sede da fábrica. Durante a inspeção, os fiscais recolheram amostras para analisar em laboratórios do Recife, a fim de saber se há algum  tipo de contaminação nos lençóis.

Nesta semana, a Receita Federal apreendeu no Porto de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, 46 toneladas de material hospitalar vindo da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, em contêineres. Algumas peças tinham inscrições em inglês. (G1)

Um comentário:

  1. O pior é que ninguém publica o nome da marca das roupas feitas com esses materiais ou o nome da empresa que as importou.

    ResponderExcluir

PUBLICIDADE

Coisas da Erica Lima © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.
;